Unidade 2:
Ser. Olímpio Manuel da Costa,
Canasvieiras, Florianópolis - SC
88054-640
Unidade 1:
R. Dr. Heitor Blum, 850
Estreito, Florianópolis - SC
88070-300

Central de atendimento:
48 2132-4525

Preencha aqui e nós ligamos para você

Mosquitos

Ordem: Diptera | Classe: Insecta

Mosquito, pernilongo, mosquito-prego, muruçoca, muriçoca,carapanã, carapanã-pinima, fincão, fincudo, melga, sovela e bicuda são termos gerais para designar diversos insectos da subordem Nematocera, normalmente dando ênfase para a família Culicidae. Por constituírem vernáculos, não obedecendo às regras da nomenclatura científica, abarcam diversos táxons, como é o caso dos mosquitos-palha.

Como os outros membros da ordem Diptera, os mosquitos têm um par de asas e um par de halteres, que são modificações das asas posteriores usadas como órgãos de equilíbrio. Nos chamados mosquitos a probóscide (tromba) está adaptada para a sucção de líquidos como néctar, seiva ou sangue. Muitas espécies, como os Anopheles e o Aedes aegypti são vetores de parasitas, como, nestes casos e respetivamente, a malária e a dengue.

Em geral, apresentam dimorfismo sexual acentuado: os machos apresentam antenas plumosas (como pequenas árvores de natal), e as fêmeas apresentam antenas pilosas e são muito mais corpulentas; em quase todas as espécies elas alimentam-se de sangue de vertebrados (incluindo o homem) para maturar seus ovários antes de pôr os ovos.

O tamanho varia, mas é raramente maior que 15 mm. O peso dos mosquitos é apenas de 2 a 2,5 miligramas. Eles conseguem voar de 1,5 a 2,5 km/h. Os mosquitos existem há 170 milhões de anos (Jurássico médio).

http://www.todabiologia.com/